Estratégias de Facilities para desenvolver a cultura de higiene pessoal

facilities e metodologia 5S como estratégia para desenvolver a cultura de higiene pessoal

Estratégias de Facilities para desenvolver a cultura de higiene pessoal

Já ouviu que “o importante está nos detalhes”? Apesar de parecer clichê, em um mundo corporativo cada vez mais competitivo são nos detalhes que mostramos nosso diferencial. 

A forma como uma empresa mantém suas instalações é uma representação palpável de seus valores, padrões e cultura organizacional; muito além da estética, a limpeza e organização é um reflexo direto do respeito e consideração da empresa com sua equipe, clientes e parceiros. Por isso, a gestão de facilities não deve ser vista como um “gasto”, mas sim um investimento com a imagem da sua empresa e a satisfação dos seus stakeholders e colaboradores.

Por que a higiene reflete também na gestão da sua empresa?

No mundo corporativo, a eficiência operacional e o sucesso organizacional são almejados constantemente e, para alcançar esses objetivos, as empresas adotam uma variedade de estratégias e práticas de gestão. Organizar as diferentes etapas do trabalho faz parte de todos os manuais de eficiência e ocupa um espaço importante na metodologia enxuta (lean), que busca otimizar o valor entregue ao cliente. 

Muito ligada à famosa lean, está a metodologia 5S – criada no Japão logo após a 2ª Guerra Mundial, quando o país precisava se reerguer rapidamente – que busca aprimorar a organização, limpeza, padronização e disciplina nos ambientes corporativos. 

Cada um dos 5 S é um “senso”, representando as etapas de processo. Veja a seguir cada um deles: 

  1. Seiri (Utilização): elimina o que é desnecessário, mantendo apenas o que é essencial para o trabalho.
  2. Seiton (Organização): organiza o material que é usado e também os ambientes de trabalho.
  3. Seiso (Limpeza): mantém o ambiente limpo, não sujar é mais importante do que limpar.
  4. Seiketsu (Padronização): cria padrões de organização e limpeza no ambiente e mantêm as melhorias aplicadas durante o tempo.
  5. Shitsuke (Disciplina): mantém a obediência e atendimento às regras e padrões que foram criados.

metodologia 5S para Facilities

 

Consequentemente, no meio empresarial, torna-se evidente quem aplica ou não os princípios do 5S. 

Empresas que adotam a metodologia 5S demonstram um compromisso com a limpeza, organização e eficiência operacional, desfrutando de ambientes de trabalho mais seguros, saudáveis e produtivos, além de uma imagem corporativa mais sólida e respeitável. Já as organizações que negligenciam essas questões (especialmente do 3º S e 4º S), podem enfrentar desafios relacionados à segurança, saúde da equipe e reputação.

Estratégias práticas de higiene pessoal no trabalho

Hábitos de higiene no trabalho contribuem para um local de trabalho saudável. Dessa forma, reduzindo o custo que os atestados médicos e absenteísmo acarretam às empresas. Não é novidade que 80% das doenças no trabalho são transmitidas pelas mãos, mas é importante reforçar essa informação sempre que possível e incentivar higienização das mãos sempre que possível. Especialmente no caso de setores como facilities, onde afeta questões de segurança do trabalho, pois, mesmo com EPIs é possível se contaminar com algum químico ao coçar os olhos, por exemplo. 

Além de prevenir doenças e disseminação de vírus e bactérias, manter o ambiente de trabalho limpo e organizado pode melhorar a qualidade de vida (e produtividade) dos funcionários. Abordamos sobre esse assunto neste artigo

Para não enfrentar maiores dificuldades, algumas boas práticas de higiene pessoal podem ser adotadas pela empresa: 

  • disponibilizar os produtos necessários para realizar a higiene pessoal, com produtos desde coisas básicas (como sabonete), até opcionais (como fio dental, pasta de dente e antisséptico bucal por exemplo). 
  • conscientização sobre higiene pessoal por material escrito, cartazes, banners em locais visíveis (especialmente nos banheiros);
  • enviar e-mails ou comunicações com lembretes, recomendações e dicas de limpeza e higiene;
  • formalizar no código de conduta da empresa as expectativas com relação à higiene e limpeza pessoal.

Mas atenção! Cuide para não constranger ninguém.

Sabemos que o cuidado pessoal e asseio pode não ter o mesmo padrão para todos, por isso, as indicações devem ser impessoais e voltadas à saúde

Conforme a legislação brasileira, é possível que a empresa decida ou sugira alguns padrões, respeitando os limites constitucionais e o bom senso; por exemplo, a companhia pode:

  • determinar o padrão de vestimentas (dress-code); 
  • exigir o uso de uniformes, desde que fornecidos pela própria companhia; 
  • exigir medidas de higiene; 
  • enviar comunicados com guias de estilo e recomendações; 
  • conversar individualmente com os funcionários que não seguirem as recomendações, sem os expor e com tratamento baseado na gentileza e educação.

A empresa não pode:

  • sugerir ou exigir qual corte, tipo ou cor de cabelo o funcionário deve ter;
  • sugerir ou exigir tamanho ou tipo de barba se não for uma questão ligada à função, como trabalhadores da área da saúde ou do ramo alimentício;
  • exigir marcas específicas de roupa, a menos que sejam fornecidas pela própria empresa;
  • exigir que a roupa, sapatos ou acessórios sejam novos;
  • exigir como deve estar a capinha, película ou qualquer outro aspecto do celular, ou qualquer outro material de uso pessoal do colaborador;
  • constranger o funcionário que não estiver conforme o código de vestimenta

Resumidamente, o que não for arcado ou fornecido pela companhia, entra como sugestão e o funcionário deve seguir o código de vestimenta de acordo com sua realidade. Você pode ler mais sobre estas questões legais nessa matéria do G1.

 Conte com a sua parceira, Profline Higiene 

Somos uma empresa especializada em fornecer soluções para higiene e limpeza em ambientes corporativos. Além de oferecer produtos de qualidade, temos uma equipe de profissionais treinados e capacitados para orientar na escolha dos produtos adequados para cada necessidade.

Através da análise do ambiente de trabalho, nós da Profline Higiene identificamos as áreas que precisam de maior atenção e indicamos os produtos mais adequadoss para cada situação. Assim, garantindo uma limpeza eficiente Também oferecemos treinamentos para os funcionários da sua empresa, ensinando técnicas corretas de higiene e limpeza, o que contribui para a manutenção de um ambiente de trabalho saudável, seguro e muito mais produtivo.

Fale agora com um consultor.