Início » Gestão de materiais de higiene e limpeza: qual é importância de reposição rápida?
Dicas

Gestão de materiais de higiene e limpeza: qual é importância de reposição rápida?

Cassio Redator

17 julho, 2019
Tempo de leitura: 4 minutos

Muitas empresas acreditam que fazer a gestão de materiais de higiene e limpeza não é tão importante quanto cuidar do estoque dos produtos que são comercializados. Esse é um grande erro, uma vez que manter os ambientes limpos e garantir a higiene pessoal está diretamente ligado à produtividade e manutenção do espaço.

É necessário garantir que esses produtos não faltem e que, quando estiverem acabando, sejam repostos, e existem justificativas para isso. Veja quais são os ganhos para as organizações que se preocupam com a gestão de materiais.

Evitar situações desagradáveis de falta de materiais

A boa gestão de materiais garantirá que sempre haja produtos para serem utilizados como papel toalha, sabonete e itens de limpeza. Isso evitará, por exemplo, que o chão fique sujo por não ter com o que limpar. Esse cuidado previne contra compras de última hora para reposição, que podem sair caro por falta de tempo para pesquisar.

Cuidar da saúde dos colaboradores

A higiene pessoal está diretamente relacionada com a saúde das pessoas. Se elas podem cuidar da higiene com produtos adequados, as chances de ficarem doentes são menores. Isso também evita a proliferação de doenças na empresa, afinal, não se espera um surto de gripe e, por consequência, parte dos funcionários com afastamento médico.

Surpreender o cliente positivamente

Os clientes que entram na empresa e percebem que ela está limpa, conservada e que podem utilizar todos os ambientes sem preocupação, ficam satisfeitos e tendem a voltar a fazer negócio com a organização.

Leia também: Checklist para controle de estoque de material de higiene e limpeza

Conservar o patrimônio

Ao garantir que não faltem itens para fazer a limpeza e que os colaboradores possam usá-los para a higiene, a gestão de materiais cuida do patrimônio. Isso evita que sejam improvisados recursos que podem trazer danos ao ambiente, por exemplo, na falta de sabonete líquido podem substituir por sabão em pó e isso, além de estragar a mãos das pessoas, vai danificar o dispenser, que terá que ser substituído com custos.

Como fazer a gestão de materiais?

Quando se entende a importância da gestão de materiais, as empresas passam a se preocupar mais com esse assunto. Para que não desviem do foco dos negócios, é comum que optem por empresas terceirizadas para cuidar da higiene e limpeza.

Essa pode ser uma excelente alternativa, uma vez que elas fazem o controle do estoque para que nada falte e garantem a reposição sempre que preciso. Essas empresas podem também cuidar da manutenção dos equipamentos e fazer substituições sempre que preciso, antes que eles se danifiquem por completo.

Para fazer a gestão de materiais, elas contam com mão de obra especializada e utilizam produtos de boa qualidade. A soma desses dois fatores permite a distribuição e utilização correta dos produtos e maior rendimento, reduzindo custos desnecessários.

Para isso, pode-se utilizar planilhas de controle de estoque e contar com um fornecedor que entregue os materiais em tempo hábil e na quantidade correta. Portanto, a escolha da empresa que prestará esse serviço é de suma importância.

Cuidar da gestão de materiais evita que a companhia passe por situações desagradáveis e ajuda a cuidar do patrimônio.

 

Categorias

Faça o download de materiais que auxiliam a educar a sua equipe e a evitar o desperdício