Início » Como higienizar corretamente frutas e verdura, em cozinhas profissionais
Dicas

Como higienizar corretamente frutas e verdura, em cozinhas profissionais

Rafael Sócio Diretor da Profline Higiene

3 março, 2022
Tempo de leitura: 7 minutos

Não é necessário dizer o quanto a higiene é fundamental em qualquer ambiente, seja doméstico ou profissional. Quando falamos de cozinhas profissionais, por exemplo, então, a higiene de frutas, verduras e legumes se torna o foco central. Ou seja, é necessário garantir que os alimentos servidos não estarão contaminados .

Porém, na hora de fazer a higienização de frutas e verduras, em cozinhas profissionais, por exemplo, todo o cuidado é pouco. É preciso garantir que os produtos usados não serão prejudiciais ao consumo humano.

Nesse artigo você vai saber tudo sobre a higienização correta de frutas e verduras e conferir dicas de produtos adequados para cozinhas profissionais que, além de eficientes, não prejudicam a saúde.

Porque a higienização de frutas e verduras precisa de um cuidado especial?

O Brasil é o campeão mundial em uso de agrotóxicos nas produções de frutas, verduras e hortaliças. Dessa forma, de acordo com o Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos, da Anvisa, que testou 4.616 amostras de 14 alimentos, o ingrediente ativo Imidacloprido é o mais encontrado. Ele é um neonicotinoide, um inseticida derivado da nicotina que tem capacidade de se espalhar por todas as partes da planta.

Muitos agrotóxicos são dificilmente detectados nas frutas e verduras pois não alteram o cheiro e nem o sabor do alimento. Ou seja, podem passar despercebidos. Produtos como esses, podem ser tóxicos para o ser humano em longo prazo.

Apenas  lavando de forma simples ou descascando os alimentos, por exemplo, não é possível garantir que os livraremos dessa carga de agrotóxicos. Para isso, é preciso uma forma especial de higienização das frutas e verduras.

Problemas que a falta de higienização de frutas e verduras podem causar

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), apesar de benéficos para a saúde, as frutas e verduras são os alimentos que mais causam doenças, por serem consumidos sem a higienização correta.

Ou seja, quando consumidos crus e mal higienizados, eles podem transmitir bactérias, como as Salmonellas, Shigellas e Escherichia coli (E. coli) , que provocam diarréias em diferentes intensidades.

Entre as principais doenças que podem ser transmitidas pela má higienização das frutas e verduras estão: esquistossomose, febre amarela, amebíase, ancilostomíase, ascaridíase, cisticercose, cólera, dengue, disenterias, malária, poliomielite, teníase e tricuríase, febre tifóide, hepatite, infecções na pele e nos olhos e leptospirose, por exemplo.

Alimentos com maior carga de agrotóxicos

Uma pesquisa realizada pelo Grupo de Trabalho de Agrotóxicos da FioCruz, em 2020, analisou diversas amostras de frutas e hortaliças. Cerca de 34% das amostras analisadas continham de dois a 21 tipos diferentes de agrotóxicos.

Ou seja, além de outras sujidades, os agrotóxicos podem se tornar um perigo quando a higienização de frutas e verduras não é feita corretamente

Os produtos que apresentaram o maior percentual de mistura de agrotóxicos foram o pimentão (95%), a cenoura (73%) e o tomate (68%).

Outros itens que aparecem no alto da lista de alimentos com grande percentual de agrotóxicos, segundo a pesquisa são:

  • Uva (74%)
  • Alface (63%)
  • Abacaxi (54%)
  • Goiaba (53%)
  • Laranja (59%).

Como higienizar frutas e verduras de forma profissional

Alguns tipos de agrotóxicos, diferentes de outras sujidades, são impossíveis de serem eliminados das frutas e verduras. Porém, alguns produtos eliminam grande parte dessas substâncias, sem prejudicar a saúde humana.

Entre as substâncias mais indicadas para higienizar frutas e verduras, estão o hipoclorito de sódio e a água sanitária.

A Spartan do Brasil, possui em seu portfólio dois produtos indispensáveis para a higienização de frutas e verduras, o Clorospar e o Sanit-10. Desenvolvidos especialmente para a utilização em ambientes de manipulação de alimentos, além de eficientes, possuem ótimo rendimento. Sendo assim, são excelentes escolhas para a utilização em cozinhas profissionais.

  • Clorospar: Desinfetante especialmente desenvolvido para desinfecção de hortifrutícolas (frutas, legumes e verduras), utensílios e superfícies em cozinhas industriais, restaurantes, lanchonetes, áreas de manipulação e produção de alimentos .O Clorospar, da Sparthan, é formulado com alta concentração de dicloroisocianurato de sódio e possui 15,5% de cloro ativo.
  • Sanit-10: Desinfetante à base de Quaternário de Amônio, indicado para áreas de processamento de alimentos. Por não conter detergentes, perfumes ou outros aditivos que possam causar problemas de contaminação, o Sanit-10 é um produto seguro para as cozinhas profissionais.

Porque preferir produtos profissionais aos domésticos vendidos no mercado?

Os produtos de limpeza profissionais são elaborados para alto desempenho, que tornam as rotinas de limpeza mais práticas do que aquelas executadas em casa.

Outro ponto fundamental é que os produtos profissionais são altamente concentrados, o que torna muito maior o seu rendimento, proporcionando economia para cozinhas profissionais onde são higienizadas grandes quantidades de frutas e verduras.

Como adquirir os produtos profissionais corretos para a sua rotina de limpeza?

Aqui na Profline nós ajudamos você a identificar quais são os produtos mais eficientes para a sua necessidade. Além disso, trabalhamos de forma consultiva, ensinando o uso correto de cada produto, para que seja possível alcançar o máximo de eficácia nos processos de limpeza, sem desperdícios.

Quer saber mais, ou receber um orçamento de produtos de limpeza ideais para a sua cozinha profissional? Fale com a nossa equipe!

Categorias

Faça o download de materiais que auxiliam a educar a sua equipe e a evitar o desperdício