Início » O que a higiene das mãos tem a ver com a produtividade da empresa?
Higiene Corporativa

O que a higiene das mãos tem a ver com a produtividade da empresa?

Rafael Sócio Diretor da Profline Higiene

3 maio, 2022
Tempo de leitura: 8 minutos

Os últimos anos de pandemia nos ensinaram muitas coisas, assim como nos relembraram de outras que já sabíamos, mas na correria do dia a dia, não consideramos tão importantes. 

Lavar as mãos com frequência, antes e depois das refeições ou após chegar da rua, é algo que a maioria de nós aprendeu com a professora do jardim da infância. Porém, só com a chegada da pandemia, a maioria das pessoas se deu conta do quanto isso pode ser fundamental para a manutenção da saúde.

Em empresas e ambientes coletivos onde há grande tráfego de pessoas, esse cuidado deve ser redobrado, já que durante o dia, várias pessoas compartilham os mesmos espaços e objetos.

Você deve estar pensando: “Eu já sei disso tudo. Mas, afinal, o que isso tem a ver com a produtividade da minha empresa?”. Continue lendo, pois neste artigo vou te responder essa pergunta e te mostrar o que toda empresa precisa para garantir o acesso à higiene adequada aos clientes e equipe.

80% das doenças no trabalho são transmitidas pelas mãos

Sim, eu sei que isso não é novidade para você. Porém, essa informação vale a pena ser reforçada sempre que possível. É pelas mãos que muitos vírus e bactérias entram em nosso organismo. É pelas mãos também que muitas vezes acontece o contágio de doenças, seja pelo contato direto ou pelo toque em equipamentos e ferramentas compartilhadas.

Além da temida covid-19, outras doenças como sarampo, gripe, tuberculose, meningite e até poliomielite são alguns exemplos de doenças que podem ser transmitidas pelas mãos.

O simples ato de higienizar as mãos corretamente pode evitar esse contágio.

O caso da empresa que parou porque alguém não higienizou as mãos

Quando se trata da vida humana, a produtividade pode ficar em segundo plano. Porém, para a saúde da empresa, uma queda brusca de produtividade pode representar grandes perdas.

Vou te contar uma história que é um ótimo exemplo de como a higiene inadequada impacta na saúde das pessoas e também das empresas.

Lúcia é supervisora em uma empresa de telemarketing. Ela também é mãe do Mateus, que tem 5 anos e está na escola. 

Em uma segunda-feira daquelas, depois de enfrentar o trânsito, Lúcia deixou Mateus na escola. Antes de se despedir, limpou a boca do filho, para retirar os últimos resquícios de uma maçã e suas mãos entraram em contato com a saliva da criança.

Lúcia já estava um pouco atrasada e, sem lavar as mãos, foi direto para a operação, onde, como de costume, cumprimentou um a um os membros da sua equipe. 

No final do dia, ao buscar Mateus na escola, a professora avisou sobre uma epidemia de sarampo entre as crianças. Assim como vários outros, Mateus apresentava sintomas. E não demorou para que Lúcia também os sentisse.

Durante a semana, além de Lúcia, outros 8 membros de sua equipe de 12 pessoas, haviam se sentido mal e faltado ao trabalho, apresentando sintomas de sarampo. Alguns chegaram a ficar vários dias afastados da empresa..

Naquele mês, a equipe de Lúcia não conseguiu bater a meta. Seria impossível com tantos membros da equipe doentes. Ou seja, ao não lavar as mãos, Lúcia colocou não só a saúde da sua equipe em risco, como reduziu drasticamente a produtividade do seu setor.

Equipamentos corretos de higiene das mãos para cada ambiente.

É claro que a higiene adequada das mãos depende muito do bom senso de cada um. Porém, cabe à empresa ou instituição disponibilizar tudo o que clientes e profissionais precisam para que a higiene das mãos possa ser acessível.

Na recepção

A recepção é, em algumas empresas, o local de maior movimento, assim como é geralmente a porta de entrada de funcionários e clientes. Por isso mesmo, é o local ideal para que a higiene das mãos aconteça. 

Nesse ambiente, opte por um dispenser de álcool gel, sempre abastecido para o uso das pessoas. O dispenser, como o DSI10 e o DSD08 da Santher, ao contrário das válvulas comuns das embalagens de álcool gel, é um grande aliado para que a distribuição do produto aconteça sem desperdício. 

Você também pode reforçar o pedido para que a higiene com o álcool gel seja feita, por meio de cartazes de incentivo ao uso, por exemplo

Na copa e cozinha

Nos ambientes como copa e cozinha, a higiene deve ser ainda mais apurada, pois essa é a área onde alimentos são manipulados e muitas vezes, é também o local onde a equipe faz as suas refeições. 

Além do álcool gel, um dispenser de sabonete, como o DSD08, (com válvula de distribuição inteligente) e um dispenser de papel toalha, como o DTD10 , ambos da Santher, tornam a higiene completa para as mãos.

Nos banheiros

Nos banheiros das empresas, onde circulam uma grande quantidade de pessoas, produtos de higiene como sabonete e papel toalha não podem faltar, na hora de lavar as mãos após o uso.

A melhor forma de garantir que os produtos de higiene serão bem distribuídos e diminuir o desperdício é usar dispensers de sabonete e de papel toalha, como os modelos DSD10 e DTE10  da Santher.

Nos corredores e salas

Não limite o álcool gel apenas à recepção ou à área de refeições. Dependendo do tamanho da empresa, é necessário mais de um ponto onde a higiene das mãos pode ser feita. 

Esse é o caso de empresas que possuem várias salas ou andares onde estão localizadas um volume considerável de pessoas.

Com os cuidados e a conscientização corretas, é possível evitar epidemias dentro do ambiente profissional, tornando o dia a dia de clientes e equipe mais saudável e a empresa mais produtiva.

Como ter dispenser de higiene, na empresa, sem precisar comprar.

Talvez você ainda não conheça o sistema de comodato de dispensers de higiene, mas ele pode ser a solução ideal para você.

No comodato de fábrica da Santher, fabricante dos papéis Personal e SNOB oferecido pela Profline, as empresas têm os equipamentos instalados gratuitamente, sem precisar comprar os dispensers ou pagar taxas de instalação e manutenção. E a única despesa é com os produtos de higiene que irão abastecer os dispensers, como álcool, sabonete ou papel.

Se a sua empresa está localizada em São Paulo e possui mais de 10 funcionários ou grande fluxo de pessoas, fale com a nossa equipe e conheça todas as vantagens que o comodato oferece à sua empresa.

Categorias

Faça o download de materiais que auxiliam a educar a sua equipe e a evitar o desperdício