Início » Produtos de limpeza profissional x domésticos: Mais qualidade e redução de custos
Limpeza Profissional

Produtos de limpeza profissional x domésticos: Mais qualidade e redução de custos

Cassio Redator

23 novembro, 2020
Tempo de leitura: 5 minutos

A limpeza nas empresas se tornou um ponto ainda mais importante. Por isso contar com os materiais certos faz toda a diferença. Muitos locais preferem os produtos de limpeza doméstica aos produtos de limpeza profissional.

Isso porque acreditam se tratar de uma economia, uma forma de reduzir custos. Porém, é possível observar rapidamente que os itens profissionais são muito mais rentáveis e oferecem um bom custo-benefício a longo prazo.

Isso porque oferece mais qualidade e demanda muito menos produto para limpar uma determinada superfície, por exemplo. Confira outras razões para apostar nessa opção:

O barato sai caro

Existem frases que parecem clichê, mas elas deveriam receber atenção, pois muitas vezes servem de alerta. “O barato sai caro” é uma que se encaixa perfeitamente quando se compra produtos de limpeza domésticos ou produtos de limpeza profissional de baixa qualidade.

Inicialmente pode parecer um bom negócio comprar os itens com preços mais baixos. Mas a longo prazo essa opção não é a mais viável.

A limpeza não fica tão boa, afinal é difícil alcançar bons resultados com produtos de baixa qualidade e ineficazes. Se esperava economizar, acaba gastando mais, pois para fazer a higienização será necessário usar uma quantidade muito maior.

É fácil perceber quando não se fez um bom negócio. Imagine que antes você comprava 5 litros de desinfetante e conseguia usá-lo por uma semana e ter bons resultados.

Ao mudar para um mais barato, os mesmos 5 litros duram apenas 4 dias. Isso acontece porque você precisará de uma quantidade maior para ter os mesmos resultados de antes.

Ao fazer as contas, verá que economizou cerca de 10% na compra dos produtos de limpeza profissional mais baratos. O problema é que como o consumo aumentou, em vez de economizar gastou mais por precisar comprar uma quantidade maior.

Outro problema é que ter um produto simples, doméstico ou mais barato obriga a pessoa da limpeza a ter mais esforço para tirar sujidades. E, mais do que isso, é comum funcionários da limpeza misturarem produtos de limpeza com a ideia de ficarão mais fortes e terão um resultado melhor.

Isso é um erro até perigoso, pois pode danificar móveis, equipamentos e manchar pisos. Ou pior, levar um funcionário ao hospital ou ter problemas trabalhistas futuros, uma vez que essa mistura transforma dois produtos em um terceiro.

Isso pode gerar gases nocivos e deixá-lo mais ácido ou alcalino, sendo prejudiciais à pele e ao corpo.

Como saber se os produtos de limpeza profissional são de qualidade?

É possível perceber que algumas economias são apenas ilusão e acabam comprometendo a qualidade.

Para saber se os itens de limpeza são bons, é importante observar quem é o fabricante. As empresas devem possuir uma boa reputação no mercado e seguir todas as normas e legislação na fabricação.

Outro indicativo de que os produtos de limpeza profissional são de qualidade é o rótulo. Ele deve ser completo com os dados do fabricante, lote do produto, responsável técnico, número de registro no Ministério da Saúde e registro da Anvisa.

Os resultados após a aplicação também servem para medir esse ponto. É importante que o produto cumpra o que prometeu, sem colocar em risco a saúde das pessoas.

Leia também: Quaternário de amônio: O que é?

Equipamentos e acessórios também merecem atenção

Apesar de todos os cuidados com os produtos de limpeza profissional, não se pode esquecer dos acessórios que são usados junto com eles.

Não adianta comprar uma esponja que esfarela com apenas um uso e precisa ser substituída na sequência. É preciso manter o padrão de qualidade com esses itens, pois eles também podem elevar os custos.

Ao comprar os carrinhos, rodos, vassouras, panos e outros acessórios, veja se são indicados para a limpeza e se possuem boa durabilidade.

Sabendo escolher os produtos de limpeza profissional e se lembrando que qualidade deve estar acima do preço, verá o resultado nas finanças. Se não sabe como escolher, sempre conte com a ajuda de profissionais, como o seu fornecedor.

Que tal pesquisar alguns itens que atendem aos requisitos de qualidade e possuem um preço justo?

Categorias

Faça o download de materiais que auxiliam a educar a sua equipe e a evitar o desperdício